Entenda as diferenças dos materiais usados em colchões:


• 100% sintético: é produzido exclusivamente para colchões e tem o poder de absorver o suor ou qualquer tipo de líquido, além de ser antialérgico e de fácil higienização;
• Maquinetado: possui, basicamente, as mesmas características do sintético, sendo que sua única diferença está no acabamento mais encorpado e com bordado acetinado em alto relevo.
• Jacquard: é composto por dois tipos de fibras: o algodão e o sintético. Pode também ser feito com outras matérias-primas semelhantes (como a seda e o algodão). É muito agradável ao tato – e quanto mais fibra natural na mistura, mais macio e fresco ele se torna.
• Atoalhado: é bem semelhante ao Jacquard, porém sua superfície é mais aveludada.
• Bambu: é um tecido ecologicamente correto que é composto por fibras naturais (de bambu e algodão), ou seja, é o mais fresco e absorvente dos tecidos, além de delicado e agradável ao toque.
• Látex: é uma espuma natural usada no acabamento do colchão que não deforma e dura 5 vezes mais que outros materiais. O látex também inibe a proliferação de fungos, bactérias e ácaros, principais responsáveis pelas alergias respiratórias.
• Viscoelástico: é uma espuma desenvolvida pela NASA que se molda perfeitamente ao corpo, pois oferece grande capacidade de absorção do peso e distribuição harmônica da pressão. Ao deixar de ser pressionada, a espuma volta ao formato original. Proporciona também uma cobertura macia e agradável que não esquenta com o calor do corpo.
• Caixa Ortopédica: são indicados, por médicos, para pessoas com problemas de coluna que exigem uma superfície mais firme de sustentação. Apresentam uma estrutura de madeira envolvida por espumas e, por isso, são mais duros que os demais.

 

%d blogueiros gostam disto: